Será possível domesticar a energia das estrelas?

Bruno Gonçalves Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN)

26 Junho 2021 | 11h00

E como pode a energia das estrelas ajudar-nos a produzir energia limpa? Que outras fontes de energia limpa podemos usar para além das renováveis? O que quer dizer "fusão nuclear"?


Envie-nos a sua pergunta - ou dos seus filhos - por e-mail (por escrito ou por áudio), indicando o nome e idade, ou coloque a questão em directo na caixa de comentários da emissão ao vivo.


A transmissão será feita na página Facebook do Técnico.

Biografia


Bruno Soares Gonçalves é Presidente do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear desde Maio de 2012 e responsável pelo Grupo de Engenharia e Integração de Sistemas desta Unidade de Investigação desde 2013. Bruno Gonçalves tem sido responsável por vários projectos internacionais com um financiamento total superior a 15 M€.

Bruno Miguel Soares Gonçalves é Licenciado em Engenharia Física Tecnológica pelo Instituto Superior Técnico (1997), tem um Mestrado em Física (IST/UTL, 2000) e o Doutoramento em Engenharia Física Tecnológica (IST/UTL, 2003). Em 2005 a sua tese de doutoramento foi distinguida com o prémio "European Physical Society Plasma Division PhD Research Award". Em Fevereiro de 2012 realizou as provas de Habilitação para o Exercício de Funções de Coordenação Científica em Engenharia Física Tecnológica.

Bruno Soares Gonçalves (h-index: 28) é coinventor de 4 patentes submetidas, co-author de um capitulo de livro, de 111 artigos publicados em revistas cientificas internacionais, de 62 artigos publicados em Atas de Conferencias e de 140 comunicações em conferências internacionais tendo também co-supervisionado 10 estudantes de Mestrado e 4 estudantes de doutoramento.